Skip to content

TÜV Rheinland na valorização da carne brasileira

Fonte: Julio Bittencourt, Dinheiro Rural

 O Programa Carne Angus Certificada, vitoriosa iniciativa da Associação Brasileira de Angus, com 12 anos de existência, que somente em 2014 foi responsável pelo abate de 330 mil bovinos com padrão superior de carcaça e qualidade de carne, dá um importante passo rumo à valorização da Carne Angus Certificada – Brazilian Angus Beef no mercado internacional –, especialmente nos países que valorizam a carne de qualidade, como a União Europeia. A partir de agora, a validação internacional do Programa será responsabilidade da certificadora alemã TÜV Rheinland (TR).

“A TÜV Rheinland é uma empresa europeia, sediada em Colônia (Alemanha), com mais de 140 anos de atuação no mercado, sendo conhecida e reconhecida em todo o mundo. Além disso, ela possui filial própria no Brasil e escritório em mais de 60 países, incluindo os principais mercados potenciais para a carne Angus brasileira. Esta abrangência permite a equivalência de nossa certificação em todos os países onde a empresa está presente, facilitando o acesso aos mais exigentes mercados”, explica Reynaldo Titoff Salvador, diretor do Programa Carne Angus Certificada.

Fabio Medeiros, gerente nacional do Programa Carne Angus Certificada, acrescenta que “o reconhecimento de uma certificadora europeia confere ao Programa da Angus alta credibilidade junto à União Europeia, viabilizando as exportações a este importante mercado”.

A TÜV Rheinland possui acreditação junto ao INMETRO e está credenciada no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como Organismo de Certificação Independente para as mais diversas normas. Com esse importante avanço, todas as unidades produtoras do Programa Carne Angus Certificada passam a ser auditadas segundo o Manual da Qualidade do Programa.

“A TR possui profissionais altamente capacitados, com corpo técnico composto por médicos veterinários, zootecnistas e engenheiros agrônomos, dentre outros especialistas. Nossa experiência na área de alimentos está voltada à segurança alimentar com foco em certificações de Normas ISO 22000, BRC, HACCP, BPF e protocolos customizados para clientes específicos, englobando toda a cadeia de fornecimento (campo ao consumidor final)’’, explica Plinio Pereira, Gestor da área de Certificações da TÜV Rheinland.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *